sexta-feira, 13 de novembro de 2009

A LÓGICA DA FREIRA

Duas freiras, irmã Maria e irmã Léia, saíram do convento para vender biscoitos. Passaram o dia inteiro batendo de porta em porta com várias sacolas contendo biscoitos. Lá pelas cinco e meia da tarde, irmã Maria, preocupada, adverte a colega do convento:

- Está ficando escuro e nós ainda estamos longe do convento!!!

Irmã Léia concorda e com um ar de preocupação comenta:

- Você reparou que um homem está nos seguindo há uma meia hora?

Irmã Maria olha disfarçadamente para um sujeito que as seguia e sussurra:

- Sim, o que será que ele quer?

Irmã Léia, já meio apavorada:
- É lógico! Ele quer nos estuprar.

Irmã Maria começa a ficar nervosa também:

- O que faremos? O que faremos?
Irmã Léia, sabidamente, responde:
- A única coisa Lógica a fazer é andarmos mais rápido!!!
As duas freiras apressam o passo.
- Não está funcionando, adverte irmã Maria.
- Claro que não! completa irmã Léia, ele fez a única coisa lógica a fazer: também começou andar mais rápido.
- E agora, irmã Léia, o que devemos fazer? Ele nos alcançará em 1 minuto!
- A única coisa lógica que nos resta fazer é nos separar, irmã Maria! Você vai para aquele lado e eu vou pelo outro. Ele não poderá seguir-nos as duas, ao mesmo tempo.
Assim fizeram as duas irmãs e o homem decidiu seguir Irmã Léia. A irmã Maria chega ao convento, sã e salva, mas preocupada com o que poderia ter acontecido à Irmã Léia. Passado um bom tempo, eis que chega irmã Léia, tranquila e despreocupada, como se nada tivesse acontecido.

- Irmã Léia !!! Graças a Deus você chegou! comemora irmã Maria, me conte o que aconteceu!!!
E irmã Léia conta sua aventura:
- Aconteceu o lógico. O homem não podia seguir nós duas então ele optou por me seguir.
- Então, o que aconteceu? indaga irmã Maria.
- O lógico, prossegue irmã Léia, eu comecei a correr o mais rápido que podia e ele correu o mais rápido que ele podia, também...
- E então?.... indaga irmã Maria aflita.
- Novamente aconteceu o lógico: ele me alcançou.
- Oh, meu Deus! O que você fez, irmã Léia?
- Eu fiz o lógico: levantei meu hábito.
- Oh, irmã Léia!!!! lamenta irmã Maria pensando no pior, e o que o homem fez?
- Ele, também, fez o lógico: abaixou as calças.
- Oh, não!!!!! O que aconteceu depois, irmã Léia?
- Não é óbvio, Irmã Maria? Uma freira com o hábito levantado consegue correr muito mais rápido do que um homem com as calças abaixadas !!!!
SE VOCÊ PENSOU EM OUTRO FIM PARA A HISTÓRIA, REZE:
188 AVE - MARIAS E 309 PAI-NOSSOS, E PEÇA A DEUS PARA LIMPAR SUA MENTE POLUÍDA, SEU PERVERTIDO.

(A imagem que ilustra esse texto foi copiada do link Images Google.)

Um comentário:

Felipe disse...

Essa foi de lascar!!!