sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

SER INTELIGENTE OU ESTAR PREPARADO?

Quem envereda pelo ramo dos concursos públicos já deve ter feito este questionamento

Quarta-feira passada (17-12-14) dei uma entrevista falando sobre concursos públicos para a emissora InterTV, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Norte. Falei um pouco da minha experiência na área, dos concursos que fiz, dos que passei, sobre remuneração, estabilidade, estas coisas...

Como o tempo na tv é exíguo, minha entrevista foi editada e foi ao programa Bom Dia RN apenas uma pequena parte da minha fala. Nela, eu falei que passar em concurso público, ao contrário do que muita gente pensa, não é para quem é inteligente, mas para quem está preparado.

Recebi muitos elogios a respeito desse meu comentário. Mas algumas pessoas não entenderam bem a mensagem que eu quis passar. Ser inteligente não é a mesma que está preparado, e vice-versa?

Pela minha pequena experiência de dez anos estudando para concursos públicos e quatro aprovações, poderia dizer que não, caros leitores, não é a mesma coisa... Vejamos estes exemplos:

Um conhecido meu - um cara muito inteligente - passou na prova escrita de um concurso para agente da Polícia Rodoviária Federal, mas ficou reprovado no teste físico. Não consegui fazer o mínimo de barras exigido. Não estava preparado.

Outro colega de estudos era o mais inteligente da sala no preparatório para o concurso da Caixa Econômica. No dia do exame, errou o local da prova. Até chegou a tempo, mas não conseguiu se concentrar nas questões. Acertou menos de vinte porcento da prova.

Outro, numa seleção para a Escola de Sargentos das Armas (ESA), do Exército Brasileiro, sabia as matérias do edital "de cor e salteado". Nossa, como era inteligente aquele menino!!! Quase "fechou a prova". Mas quando foi marcar na folha do gabarito, se confundiu com a sequência e errou todas as questões.   

E um caso clássico. Uma conhecida minha se preparava há anos para um concurso da Petrobras. Era a aluna mais aplicada da sala. Diziam que, quando algum professor faltava, era ela quem dava aula... Transbordando confiança e sem um pouquinho de humildade, foi lá ela rumo ao sucesso. Mas na hora da prova, deu branco!!! 

Portanto, caros leitores e concursandos de plantão, não se deixem abalar quando te disserem que você não é inteligente para passar em concurso público. Continue estudando e se preparando.

Eu não me considero inteligente mas já fui aprovado em quatro...


(A imagem acima, bem como a reportagem na íntegra, foram copiados do link G1.globo.com.)