quinta-feira, 20 de agosto de 2009

DUAS LUAS

Para os que gostam de astronomia ou simplesmente curtem fenômenos celestiais raros, uma oportunidade única

No dia 27 de agosto de 2009, próxima quinta, a partir da meia noite (horário de Brasília), preste bastante atenção no céu - isso se não estiver nublado ou chovendo, lógico. O planeta Marte será o segundo corpo celeste mais brilhante do firmamento, e será tão grande quanto a Lua cheia. Essa aproximação entre o planeta vermelho e o planeta azul é chamada pelos astrônomos de "oposições periélicas".
Oposição porque o Sol, a Terra e Marte estão em linha reta com a Terra no meio. Periélico significa que Marte está mais próximo do periélio, ou seja, a sua aproximação máxima ao Sol. Marte, como os demais planetas do sistema solar, tem sua órbita em forma de elipse, assim, a distância entre o Sol e ele costuma variar.
O Planetário Internacional de Vancouver, da British Columbia - Canadá, calculou o distanciamento em que o planeta vermelho estará orbitando em relação à Terra: uma distância estimada em 55 milhões de quilômetros.
O curioso dessa história é que ela tinha sido prevista há séculos pelos Maias, povo antigo que habitava a América Central bem antes de os invasores europeus chegarem.
O último acontecimento desse tipo aconteceu há cerca de 59 mil anos e o próximo será no ano de 2287! Portanto, se você não vai viver mais 278 anos, aproveite essa oportunidade.

A foto que ilustra esse texto foi tirada do blog cerveja com sucrilhos.

PUNIÇÃO PARA INGLÊS VER


Turistas inglesas que tentaram forjar roubo são condenadas

As turistas inglesas Rebecca Turner e Shanti Andrews, ambas de 23 anos, foram presas no dia 26 de julho (dia que eu confundi minha mão com um galho e quase a arranco fora!). Elas tentaram forjar um roubo das próprias bagagens com o objetivo de receber o dinheiro do seguro.
As turistas, formadas em Direito, estavam viajando há nove meses por diversos países do mundo e tomaram conhecimento desse tipo de golpe em conversa com outros turistas. O golpe do seguro é praticado por estrangeiros vigaristas e causa um prejuízo anual de R$1,5 bilhão às seguradoras.
As inglesinhas foram condenadas hoje, dia 19-08-09, pelos crimes de falsidade ideológica, falsa comunicação de crime e tentativa de estelionato. Ambas pegariam um ano e quatro meses de reclusão e mais um mês de detenção mas o juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do RJ, converteu a pena em prestação de serviços comunitários. Rebecca e Shanti trabalharão por sete horas diárias durante oito meses em serviços cuja natureza ainda será estipulada pela Vara de Execuções Penais do Rio. A dupla terá ainda de pagar uma multa no valor de R$12.090, cada.
O advogado de defesa das inglesas espertinhas achou a pena muito dura. Ele tem razão. Talvez a polícia brasileira devesse agir como a renomada Scotland Yard Britânica que no dia 22 de julho de 2005 executou covardemente o brasileiro Jean Charles de Menezes com oito tiros à queima-roupa no metrô de Londres.
Que o exemplo das jovens turistas inglesas sirva de alerta para outros gringos safados que queiram se aproveitar da hospitalidade de nós brasileiros.

(A foto que ilustra esse texto foi retirada do link Notícias Terra)