terça-feira, 30 de junho de 2009

POR QUE ELE CONTINUA ENCANTANDO...

Morto há 15 anos, Senna deixou um belo exemplo no esporte e fora dele, e continua fazendo fãs

Ayrton Senna da Silva. Brasileiro. Tri-campeão mundial de Fórmula 1 e um dos melhores pilotos dessa categoria em todos os tempos. Morto há exatos 15 anos e dois meses. Já deveria ter caído no esquecimento, mas continua fazendo novos fãs.

Outros atletas foram melhores do que ele nas suas respectivas modalidades: quebraram mais recordes, ganharam mais competições, permaneceram mais tempo em primeiro do ranking. Usufruíram fama e glória mas acabaram relegados ao ostracismo. Porém Senna continua lembrado e admirado. Há receita para esse sucesso todo? Como explicá-lo?

A admiração pelo piloto deveu-se não apenas ao que ele fez nas pistas, mas fora delas. Ayrton acreditava que o esportista tinha uma obrigação com o seu público e com a sociedade em geral. Segundo o piloto, independente da categoria, o atleta tinha que fazer alguna coisa para transformar a realidade em que vivia, não podendo esperar apenas pelas autoridades.

Diferentemente daquilo que muitas estrelas do esporte fazem apenas na época do Natal para se auto promoverem, Senna não dava esmolas. Tampouco aparecia frente às câmeras posando de bom moço. Seu sonho era dar um futuro melhor a crianças e adolescentes carentes; dar-lhes uma chance de desenvolverem seu próprio potencial.

Ele foi a prova viva de que o competidor deve dar bom exemplo para seus fãs também na vida particular. Estamos precisando de mais atletas pensando dessa forma. Não se pode exigir, evidentemente, que o desportista seja um santo… Mas nossos astros do esporte devem ter a consciência de que representam um modelo a ser imitado por seus fãs e admiradores. Qual exemplo terá a criança que vê seu ídolo, por exemplo, dirigindo embriagado, usando drogas, envolvendo-se em brigas ou mantendo amizades com criminosos?

Ayrton continua vivo em nossa memória porque não deixou que o sucesso lhe subisse à cabeça - coisa que muitos atletas deveriam imitar. E naquela fatídica manhã de 1° de maio de 1994 em Ímola - Itália, morreu o piloto, mas nasceu a lenda.





Música tocada nas vitórias de Senna: TEMA DA VITÓRIA
Tributo da Banda de Forró Aquarios ao piloto: ASAS DA IMAGINAÇÃO
(Os links acima relacionados são melhor visualizados através do navegador INTERNET EXPLORER.)