domingo, 12 de agosto de 2018

"Amor e desejo são coisas diferentes. Nem tudo o que se ama se deseja e nem tudo o que se deseja se ama".


Miguel de Cervantes (1547 - 1616): dramaturgo, poeta e romancista espanhol.


(A imagem acima foi copiada do link Diário do Turismo.)

Um comentário:

Alvaniza Macedo disse...

Como não desejar o que se ama?