quarta-feira, 26 de agosto de 2009

CARTÃO VERMELHO PARA A SEM VERGONHICE

Suplicy mostra cartão vermelho para Sarney

No futebol de campo, aquele jogado entre dois times com onze jogadores de cada lado, o árbitro ou juiz de futebol, para punir uma falta grave de um jogador mostra-lhe um cartão amarelo. Caso o mesmo jogador cometa outra falta grave no próprio jogo ou em outros subsequentes, recebe um segundo cartão amarelo e em seguida um cartão vermelho. Ao receber o cartão vermelho o jogador é automaticamente expulso da partida e não pode ser substituído por outro membro da equipe.
No dia 25-08-09 (terça-feira) ao pedir a renúncia do senador José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), mostrou em plenário um cartão vermelho, numa referência ao procedimento descrito acima. Segundo o senador paulista o cartão vermelho a Sarney foi dado por ele para que a povo entendesse o simbolismo de seu pedido.
Suplicy foi o primeiro senador petista a pedir a renúncia de José Sarney do comando do Senado. Mas uma semana depois de o Conselho de Ética do Senado recusar 11 representações contra o presidente da Casa, parece que este continuará por um bom tempo desgastando a imagem da política e do Senado brasileiros.
Sarney foi acusado de cometer várias irregularidades: contratar parentes e amigos, ter o aluguel pago por empreiteiras, aprovar dezenas de Atos Secretos sem a apreciação de seus pares, e por aí vai. Apesr de tudo isso ele continua na cadeira da presidência do senado. Firme e forte. Rindo de todos que o acusaram. Zombando da ética. Cada dia a mais que ele fica no cargo é como se nosso país aceitasse passivamente o status de nação corrupta e alienada.
Que bom seria se pudéssemos defenestrar os maus políticos de seus respectivos cargos com um cartão vermelho. Enquanto esse dia não chega cabe a cada um de nós, cidadãos honestos que ainda acreditam num mínimo de decência, acompanhar os passos desses políticos safados para podermos dar o troco nas próximas eleições.
2010 está chegando. Você vai dar cartão vermelho para alguém? Ou vai continuar aceitando tudo passivamente?

(A foto que ilustra esse texto foi retirada do link Notícias Yahoo.)

Nenhum comentário: