sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

INCLUSÃO SOCIAL

A IERC/RN EM PARCERIA COM A UFRN PROMOVEM EVENTOS CULTURAIS À DEFICIENTES VISUAIS DE NATAL

O Instituto de Educação e Reabilitação de Cegos do Rio Grande do Norte, localizado na rua Fonseca e Silva, 1113, no bairro do Alecrim, Natal, foi fundado em 16 de julho de 1952 por Dr. Ricardo César Paes Barreto.

Conhecido pela sigla IERC-RN, é uma sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos, reconhecida de utilidade pública municipal e estadual com registro no Conselho Nacional de Assistência Social.

A finalidade principal da entidade é promover a habilitação, reabilitação e educação das pessoas cegas ou com deficiências visuais graves, proporcionando oportunidades para o seu pleno desenvolvimento, bem como a sua integração ou reintegração à sociedade, permitindo maior independência e autonomia.

Entre os dias 25 e 27 do mês de novembro de 2009, em um convênio entre a IERC/RN e a UFRN(Universidade Federal do Rio Grande do Norte), foi promovido diversas atividades para portadores de deficiências visuais. Esse evento contou com a participação dos cursos de Psicologia, Educação Física e Comunicação Social num projeto de extensão da UFRN.

Com o título de “PROGRAMA DE COMBATE E PREVENÇÃO DO ESTRESSE DIRECIONADO AOS DEFICIENTES VISUAIS: PLANEJANDO E CONSTRUINDO TRILHAS ECOLÓGICAS PARA CEGOS’’, teve o objetivo de proporcionar um momento de distração com diversas atividades àqueles que necessitam de um apoio constante por parte da sociedade.

Durante a trilha ecológica, realizada no dia 26 de novembro de 2009, os cegos viravam guias de não-cegos que participavam do evento. Iniciada a caminhada no Jiqui Country Club, localizado próximo a Av. Airton Senna e ao Rio Pitimbú, eles percorreram o inicio da ponte velha, em percurso de ida e volta, até chegarem a Chácara Renascer onde foi oferecido uma recepção aos participantes.

Financiada com recursos próprios, foi coordenado por PITÁGORAS JOSÉ BINDE( Professor de Psicologia da UFRN) e tendo como orientadora ANA CLAUDIA ALVES DE S. SANTOS( Externa da IERC). O evento contou com a participação de pessoas sem nenhum problema funcional onde perceberam que a deficiência jamais será empecilho para alguém deixar de viver.


(O texto acima foi escrito por EDUARDO LUIZ CALDAS DE MOURA, vulgo 'Caldas Malvadeza', para a disciplina de Psicologia Social e Comunicação. 'Caldas Malvadeza' é estudante de jornalismo da UFRN da turma 2008.2.)

Nenhum comentário: