sexta-feira, 6 de agosto de 2010

CENTENÁRIO DE ADONIRAN BARBOSA

Há exatamente 100 anos nascia o brasileiro João Rubinato, mais conhecido como Adoniran Barbosa. Adoniran foi ator, cantor, humorista e compositor.

Entre suas principais composições estão: Saudosa Maloca (1951), Joga a Chave (1952), Samba do Arnesto (1953), Bom Dia Tristeza (1958), Tiro ao Álvaro (1960) e Trem das Onze (1964).

Adoniran Barbosa faleceu no dia 23 de novembro de 1982, em São Paulo.

Confira a letra de TREM DAS ONZE:
Não posso ficar nem mais um minuto com você
Sinto muito amor, mas não pode ser
Moro em Jaçanã,
Se eu perder esse trem
Que sai agora as onze horas
Só amanhã de manhã.
E além disso mulher
Tem outra coisa,
Minha mãe não dorme
Enquanto eu não chegar,
Sou filho único
Tenho minha casa para olhar
E eu não posso ficar.


(A imagem acima foi copiada do link MPB Novos e os Melhores.)

2 comentários:

Juliana Pires de Sousa disse...

Já ouvi falar muito de Adoniran e já ouvi muitas músicas dele. Que ele seja lembrado para sempre.

Anônimo disse...

Por que nao:)